Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Estudantes debatem papel da mulher negra na sociedade
Início do conteúdo da página Notícias

Estudantes debatem papel da mulher negra na sociedade

Palestra com a educadora Maria Lúcia Gato abordou temas como racismo, mercado de trabalho e igualdade de gênero
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 12/04/2017 10h47
  • última modificação 12/04/2017 10h50

Com uma longa trajetória de luta pelos direitos das mulheres negras no Maranhão, a professora de Biologia, militante, poeta e atriz Maria Lúcia Gato de Jesus debateu sobre racismo e o papel da mulher na sociedade com os alunos do Campus São Raimundo das Mangabeiras. O encontro foi organizado pelo Núcleo de Estudos Afrodescendentes e Indígenas (NEABI), e aconteceu em 27 de março (quarta-feira), encerrando a programação do mês dedicada à questão feminina.

“Acho muito importante que nós, da área da educação, estejamos comprometidos com as questões voltadas para a mulher, em vista dos vários fatores como a questão social, em vista da violência contra a mulher, e de todas as dificuldades relacionadas ao racismo e a discriminação pelas quais as mulheres passam”, disse Maria Lúcia Gato, ao avaliar a iniciativa da palestra “O Papel da Mulher Negra na Sociedade e no Trabalho: educando com Lélia Gonzalez”, que teve coordenação da professora de Sociologia Katiuscia da Costa Pinheiro e da pedagoga Christianne de Jesus Rosa, ambas servidoras do Campus Mangabeiras.

Segundo informações dos organizadores do evento, os estudantes dos cursos técnicos em Agropecuária, Informática e Meio Ambiente tiveram uma preparação substancial para a palestra da professora Maria Lúcia Gato, com diversas questões relativas ao racismo e à situação das mulheres negras sendo debatidas no decorrer do mês de março em todas as salas de aula, nos horários da disciplina Sociologia. As atividades preparatórias envolveram exibição de vídeos, debates e análise de materiais midiáticos, como revistas.

O NEABI ressaltou a fala “didática e humanizadora” da palestrante, considerada de grande valia para o aprendizado e o crescimento profissional e cidadão dos alunos, por ampliar seu entendimento sobre a cultura e a formação do povo brasileiro, bem como das lutas contra o racismo e o machismo. Maria Lúcia Gato abordou questões como o mito da igualdade de oportunidades para todos no país, e as dificuldades enfrentadas pela população negra para alcançar os lugares de poder na sociedade. Houve também apresentação de vídeos sobre a vida da pensadora e ativista mineira Lélia de Almeida Gonzalez e de importantes mulheres negras maranhenses.

Com inúmeras participações, os alunos debateram com a professora convidada de maneira democrática e elucidativa, dando destacada atenção à temática da palestra e levantando questões como cotas raciais e preconceito racial. Os participantes tiveram ainda uma reflexão criativa e interativa sobre as violências que as mulheres negras sofrem. O professor de Filosofia Carlos Reis participou do evento e também destacou o envolvimento dos estudantes. “A palestra foi uma ferramenta que sensibilizou os alunos para um debate bastante necessário nos dias atuais”, disse ele, observando que a iniciativa do NEABI suscitou a discussão em torno do o preconceito em relação à mulher negra, tema sobre o qual muitas vezes as pessoas não param para pensar no cotidiano.

No encerramento, Maria Lúcia Gato doou para a biblioteca do Campus Mangabeiras uma obra com encadernação especial sobre Lélia Gonzalez, além de sortear para os alunos um livro sobre a vida da militante que motivou o tema da palestra. Matriculada no 3º ano de Informática, a aluna Laisi Barbosa de Sousa foi vencedora do sorteio.

Atualmente na presidência do Conselho Estadual da Mulher, Maria Lúcia Gato atua no Grupo de Mulheres Negras Mãe Andresa, em São Luís, entidade sem fins lucrativos fundada em 1986, com o objetivo de discutir questões relativas à situação da mulher negra na sociedade, sua participação política, identidade, saúde, sexualidade e mercado de trabalho.

GALERIA DE FOTOS

Fim do conteúdo da página